terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Cuando se nace pobre...

A foto retrata um grupo de meninos sentados no chão embaixo de um viaduto. Em frente a eles, dois homens escrevem com giz branco em quadros negros colados a um paredão de concreto próximo ao viaduto. Os meninos copiam o que os homens escrevem. Ao fundo, várias bicicletas estacionadas. No topo, em fundo preto, letras brancas maiúsculas e em espanhol, lê-se: Cuando se nace pobre, ser estudioso es el mayor acto de rebeldia contra el sistema. No canto inferior direito, em letras brancas, a frase inserida em um quadrado preto: Eu luto pela educação.
A foto retrata um grupo de meninos sentados no chão embaixo de um viaduto. Em frente a eles, dois homens escrevem com giz branco em quadros negros colados a um paredão de concreto próximo ao viaduto. Os meninos copiam o que os homens escrevem. Ao fundo, várias bicicletas estacionadas. No topo, em fundo preto, letras brancas maiúsculas e em espanhol, lê-se: Cuando se nace pobre, ser estudioso es el mayor acto de rebeldia contra el sistema. No canto inferior direito, em letras brancas, a frase inserida em um quadrado preto: Eu luto pela educação.