terça-feira, 25 de julho de 2017

Um gatinho leão...

Foto composição. À esquerda, um gatinho amarelo sentado em frente a um pequeno espelho ovalado com moldura e base de madeira escura, refletido no espelho, a cara de um leão com uma enorme juba. À direita, foto antiga do busto de Henry Thoreau, homem com cor de pele branca, rosto oval, cabelos curtos, sobrancelhas caídas olhos arredondados nariz comprido e largo, bigode e barba espessos. E a frase: Quem avança confiante na direção de seus sonhos e se empenha em viver a vida que imaginou para si encontra um sucesso inesperado em seu dia-a-dia.
Foto composição. À esquerda, um gatinho amarelo sentado em frente a um pequeno espelho ovalado com moldura e base de madeira escura, refletido no espelho, a cara de um leão com uma enorme juba. À direita, foto antiga do busto de Henry Thoreau, homem com cor de pele branca, rosto oval, cabelos curtos, sobrancelhas caídas olhos arredondados nariz comprido e largo, bigode e barba espessos. E a frase: Quem avança confiante na direção de seus sonhos e se empenha em viver a vida que imaginou para si encontra um sucesso inesperado em seu dia-a-dia.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Top less...

Ilustração de um homem gorducho com pernas finas sentado em uma cadeira de escritório com um notebook no colo, ele tem alguns fios de cabelo no topo e laterais da cabeça, olhos redondos e próximos, narigudo e orelhudo, boca em C invertido, e queixo sobreposto à papada; usa camiseta branca e calça verde. À direita, uma mulher bem bronzeada, com as mesmas características físicas, em pé segurando uma sacola azul de praia, ela tem cabelos crespos, usa um biquíni amarelo tomara-que- caia, realçando as pregas flácidas do peito, abaixo de cada peito, uma marca branca em forma de U quase até o umbigo evidente acima da minissaia pregueada composta com chinelos azuis. O homem pergunta: Então você foi à praia e usou o tal top less,néh? Ela responde gesticulando a mão direita: Quem te contô?
Ilustração de um homem gorducho com pernas finas sentado em uma cadeira de escritório com um notebook no colo, ele tem alguns fios de cabelo no topo e laterais da cabeça, olhos redondos e próximos, narigudo e orelhudo, boca em C invertido, e queixo sobreposto à papada; usa camiseta branca e calça verde. À direita, uma mulher bem bronzeada, com as mesmas características físicas, em pé segurando uma sacola azul de praia, ela tem cabelos crespos, usa um biquíni amarelo tomara-que- caia, realçando as pregas flácidas do peito, abaixo de cada peito, uma marca branca em forma de U quase até o umbigo evidente acima da minissaia pregueada composta com chinelos azuis. O homem pergunta: Então você foi à praia e usou o tal top less,néh? Ela responde gesticulando a mão direita: Quem te contô?

domingo, 23 de julho de 2017

Jovens índios...

Foto em dia claro. Inumeráveis jovens índios sentados nas águas rasas de um rio margeado por vegetação rasteira e densa, formam um imenso semicírculo que parte do canto inferior direito a perder de vista ao fundo à direita. Todos tem cabelos escuros lisos abaixo dos ombros, no dorso moreno exibem três listas horizontais pintadas em vermelho no mesmo tom das sungas; as mãos agitam as águas que sobem e caem como uma divertida chuva salpicando as águas em branco.
Foto em dia claro. Inumeráveis jovens índios sentados nas águas rasas de um rio margeado por vegetação rasteira e densa, formam um imenso semicírculo que parte do canto inferior direito a perder de vista ao fundo à direita. Todos tem cabelos escuros lisos abaixo dos ombros, no dorso moreno exibem três listas horizontais pintadas em vermelho no mesmo tom das sungas; as mãos agitam as águas que sobem e caem como uma divertida chuva salpicando as águas em branco.

sábado, 22 de julho de 2017

No banheiro...

Foto quadrada ​d​o interior de um ​​banheiro​​. Ao lado direito ​na parede ​bege​, parte de uma toalha vermelha pendurada. O piso mesclado em marrom imitando pedra é arrematado com ​rodapé ​claro​​ no mesmo tom da pia. ​Na cena, ​dois meninos ruivos bem pequenos​, ​descalços, Um ​está de camiseta azul escuro com estampa de dinossauro ​ ​e bermuda também azul​ em pé de costas para a pia. Ele inclina levemente a cabeça abaixo, ​fecha os olhos, tapa o nariz com a mão direita e com a esquerda, aperta a mão direita do outro,​ ​que está sentado em um​a privadinha ​portátil ​ ​branc​a,​ segurando com a outra mão, um brinquedo.
Foto quadrada ​d​o interior de um ​​banheiro​​. Ao lado direito ​na parede ​bege​, parte de uma toalha vermelha pendurada. O piso mesclado em marrom imitando pedra é arrematado com ​rodapé ​claro​​ no mesmo tom da pia. ​Na cena, ​dois meninos ruivos bem pequenos​, ​descalços, Um ​está de camiseta azul escuro com estampa de dinossauro ​ ​e bermuda também azul​ em pé de costas para a pia. Ele inclina levemente a cabeça abaixo, ​fecha os olhos, tapa o nariz com a mão direita e com a esquerda, aperta a mão direita do outro,​ ​que está sentado em um​a privadinha ​portátil ​ ​branc​a,​ segurando com a outra mão, um brinquedo.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

...carinha de pidão...

A foto mostra um filhote marrom da raça salsichinha com carinha de pidão, pisando sobre a ponta de um papelão solto sobre um piso de lajotas avermelhadas retangulares. No rodapé em letras pretas lê-se: Se nada der certo hoje, Amanhã eu levanto mais cedo e tento de novo!
A foto mostra um filhote marrom da raça salsichinha com carinha de pidão, pisando sobre a ponta de um papelão solto sobre um piso de lajotas avermelhadas retangulares. No rodapé em letras pretas lê-se: Se nada der certo hoje, Amanhã eu levanto mais cedo e tento de novo!

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Bolo Nega Maluca do chef Lucas Corazza

Foto parcial de um bolo Nega Maluca do chef Lucas Corazza. Em fundo desfocado xadrez em tons de rosa e branco, foco no bolo negro e redondo desenformado com formato da forma, em gomos e em arquibancada tripla. A massa é fofa e porosa, o topo está preenchido pela densa e brilhosa cobertura achocolatada que escorre uniforme nas laterais dos gomos. Na base, cercando o bolo, delicados brigadeiros finalizados por minúsculos granulados achatados. O prato que sustenta o bolo é de acrílico rosa.
Foto parcial de um bolo Nega Maluca do chef Lucas Corazza. Em fundo desfocado xadrez em tons de rosa e branco, foco no bolo negro e redondo desenformado com formato da forma, em gomos e em arquibancada tripla. A massa é fofa e porosa, o topo está preenchido pela densa e brilhosa cobertura achocolatada que escorre uniforme nas laterais dos gomos. Na base, cercando o bolo, delicados brigadeiros finalizados por minúsculos granulados achatados. O prato que sustenta o bolo é de acrílico rosa.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Ilustração de uma ...

Ilustração de uma borboleta vermelha pousada no alto de uma folhagem que desponta da relva bem verdinha. Ao longe, o sol amarelo vibrante lança seus raios sobre nuvens brancas.
Ilustração de uma borboleta vermelha pousada no alto de uma folhagem que desponta da relva bem verdinha. Ao longe, o sol amarelo vibrante lança seus raios sobre nuvens brancas.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Dorinha e Luca

Dorinha e Luca são personagens com deficiência criados por Maurício de Souza. À esquerda, a menina Dorinha em pé, apoia a mão direita sobre a bengala e a esquerda tateia o ar. Ela tem cabelos castanhos claros repartidos ao meio, usa óculos de sol redondos, brincos azuis em argolas, camiseta rosa com a letra D estampada, saia azul e tênis rosa. À direita, o garoto cadeirante Luca. Ele tem cabelos castanhos repartidos ao meio, rosto redondo, olhos grandes, nariz pequeno, está com sorriso largo e as mãos empurrando as rodas para dar velocidade. Ele usa camiseta amarela, short e tênis vermelhos.
Dorinha e Luca são personagens com deficiência criados por Maurício de Souza. À esquerda, a menina Dorinha em pé, apoia a mão direita sobre a bengala e a esquerda tateia o ar. Ela tem cabelos castanhos claros repartidos ao meio, usa óculos de sol redondos, brincos azuis em argolas, camiseta rosa com a letra D estampada, saia azul e tênis rosa. À direita, o garoto cadeirante Luca. Ele tem cabelos castanhos repartidos ao meio, rosto redondo, olhos grandes, nariz pequeno, está com sorriso largo e as mãos empurrando as rodas para dar velocidade. Ele usa camiseta amarela, short e tênis vermelhos.

domingo, 16 de julho de 2017

Ilustrações divertidas de Victor Nunes

Ilustrações divertidas do brasileiro Victor Nunes. Victor Nunes combina objetos do cotidiano com ilustrações simples para transformá-los em desenhos de rostos, animais, objetos etc. As imagens convidam-nos a apreciar de forma diferente e criativa o que nos é, às vezes, comum. Victor utiliza de maneira lúdica elementos como: tesouras, alface,rolhas, fósforos, pipocas, tampa de caneta etc...vale tudo na hora de suas criações.  Descrição: Dez desenhos a lápis combinados por pedaços de bolachas redondas com furinhos. No alto, três carinhas de garotos, o topo arredondando da cabeça é formado por um pedaço de bolacha, dois furinhos simulam os olhos; à direita, da cintura para cima, uma loura com seios fartos, o top são dois pedaços triangulares da bolacha; abaixo, à esquerda, uma garotinha de vestido se protege dos pingos, ela segura um guarda-chuva composto por metade de uma bolacha que sugere estar mordida nas bordas. Ao centro, perfil de um homem dos ombros para cima, parte de um biscoito em formato de capacete protege sua cabeça; abaixo à esquerda, uma bicicleta antiga, a pequena roda traseira é desenhada, a grande roda da frente é uma bolacha inteira; ao lado, um garoto de camiseta listrada com cara de zangado, com um boné feito de um pedacinho de biscoito; à direita, uma bailarina saltando, ela usa um vestido longo composto por dois nacos de biscoito; à direita, uma borboleta, as asas são dois pedaços triangulares de biscoito.
Ilustrações divertidas do brasileiro Victor Nunes. Victor Nunes combina objetos do cotidiano com ilustrações simples para transformá-los em desenhos de rostos, animais, objetos etc. As imagens convidam-nos a apreciar de forma diferente e criativa o que nos é, às vezes, comum. Victor utiliza de maneira lúdica elementos como: tesouras, alface,rolhas, fósforos, pipocas, tampa de caneta etc...vale tudo na hora de suas criações. 
Descrição: Dez desenhos a lápis combinados por pedaços de bolachas redondas com furinhos. No alto, três carinhas de garotos, o topo arredondando da cabeça é formado por um pedaço de bolacha, dois furinhos simulam os olhos; à direita, da cintura para cima, uma loura com seios fartos, o top são dois pedaços triangulares da bolacha; abaixo, à esquerda, uma garotinha de vestido se protege dos pingos, ela segura um guarda-chuva composto por metade de uma bolacha que sugere estar mordida nas bordas. Ao centro, perfil de um homem dos ombros para cima, parte de um biscoito em formato de capacete protege sua cabeça; abaixo à esquerda, uma bicicleta antiga, a pequena roda traseira é desenhada, a grande roda da frente é uma bolacha inteira; ao lado, um garoto de camiseta listrada com cara de zangado, com um boné feito de um pedacinho de biscoito; à direita, uma bailarina saltando, ela usa um vestido longo composto por dois nacos de biscoito; à direita, uma borboleta, as asas são dois pedaços triangulares de biscoito. 

sábado, 15 de julho de 2017

Dia de sol...

Foto quadrada em dia de sol com algumas nuvens decorando o cume dos morros. À beira mar, à direita dois banhistas andam de bike, à esquerda, um guarda sol aberto em vermelho e amarelo, na sombra, uma cadeira de plástico branco vazia, e ao pé da cadeira uma garrafa. Ao fundo, banhistas sobre um banco de areia ​( parte mais elevada) ​e mais ao longe, o mar aberto.
Foto quadrada em dia de sol com algumas nuvens decorando o cume dos morros. À beira mar, à direita dois banhistas andam de bike, à esquerda, um guarda sol aberto em vermelho e amarelo, na sombra, uma cadeira de plástico branco vazia, e ao pé da cadeira uma garrafa. Ao fundo, banhistas sobre um banco de areia ​( parte mais elevada) ​e mais ao longe, o mar aberto.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Um idoso e o cão

A foto mostra um idoso em dia ensolarado agachado próximo a uma cerca de arame farpado a beira de um caminho de terra, ermo e com vegetação seca. Ele tem pele branca, rosto com marcas de expressão acentuadas, sobrancelhas e olhos pequenos, nariz reto. A mão esquerda está próxima a boca, o antebraço direito apoiado no joelho direito. Ele usa chapéu de palha, casaco cinza e surrado, calça clara e galochas pretas. Em frente ao homem, sentadinho no meio do caminho, um cãozinho amarelo vira lata com as orelhas abaixadas para trás, com expressão submissa e simpática, observa atento o homem que olha com expressão pensativa para o caõzinho. Ao fundo, um morro e mais ao longe as montanhas encobertas pelo céu azul sem nuvens. No topo, em letras vermelhas lê-se: Gosto di cachorro pelo simpres fato de ôce esta conversanô com ele... e no rodapé: e ele não fica mexeno no celular.
A foto mostra um idoso em dia ensolarado agachado próximo a uma cerca de arame farpado a beira de um caminho de terra, ermo e com vegetação seca. Ele tem pele branca, rosto com marcas de expressão acentuadas, sobrancelhas e olhos pequenos, nariz reto. A mão esquerda está próxima a boca, o antebraço direito apoiado no joelho direito. Ele usa chapéu de palha, casaco cinza e surrado, calça clara e galochas pretas. Em frente ao homem, sentadinho no meio do caminho, um cãozinho amarelo vira lata com as orelhas abaixadas para trás, com expressão submissa e simpática, observa atento o homem que olha com expressão pensativa para o caõzinho. Ao fundo, um morro e mais ao longe as montanhas encobertas pelo céu azul sem nuvens. No topo, em letras vermelhas lê-se: Gosto di cachorro pelo simpres fato de ôce esta conversanô com ele... e no rodapé: e ele não fica mexeno no celular.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Treron vernans

Foto de um Treron vernans, pássaro de porte médio pousado em chão rochoso molhado. A plumagem é densa e as cores misturam-se uniformemente: cabeça, dorso e encontro das asas em azul bebê, olho escuro redondo, bico mediano branco com manchinhas azuladas e pouco curvado na extremidade, pescoço lilás, peito alaranjado, ventre e parte das asas em verde claro, na barra da asa, há um contorno branco, tíbia e tarso emplumados em azul claro, cauda mediana em azul e garras avermelhadas.
Foto de um Treron vernans, pássaro de porte médio pousado em chão rochoso molhado. A plumagem é densa e as cores misturam-se uniformemente: cabeça, dorso e encontro das asas em azul bebê, olho escuro redondo, bico mediano branco com manchinhas azuladas e pouco curvado na extremidade, pescoço lilás, peito alaranjado, ventre e parte das asas em verde claro, na barra da asa, há um contorno branco, tíbia e tarso emplumados em azul claro, cauda mediana em azul e garras avermelhadas.

terça-feira, 11 de julho de 2017

Venice e Rodd

Casal de cegos casou-se após seus cães-guias se apaixonarem. Dois cegos proprietários de cães-guias se casaram depois que seus cães os fizeram se conhecer e se apaixonar. Claire Johnson, de 50 anos, e Mark Gaffey, de 51, se casaram em Baralston, Stoke-on-Trent, na Inglaterra, depois de seus cachorros se apaixonarem um pelo outro há dois anos. Os cães-guias, Venice e Rodd, fizeram o casal se apaixonar quando caminhavam com seus donos.Os recém-casados se conheceram em 2012 em um curso de formação de cães-guias, que durou duas semanas.Foi evidente que Rodd e Veneza se apaixonaram, tocando e cheirando um ao outro durante todo o treinamento.A noiva disse: “Eu não tenho nenhuma dúvida de que nossos cães-guias nos colocaram juntos e me ajudaram a encontrar meu verdadeiro amor.”Quando o treinamento terminou, suas vidas mudaram para sempre.Descrição: Foto. Ao centro, sob o céu com névoa, os noivos, à esquerda, Claire e à direita, Mark. Eles seguram as guias de Venice, à direita de Claire e Rodd, à esquerda de Mark. Os noivos miram-se sorrindo, do mesmo modo Venice e Rodd trocam olhares. Claire é uma mulher de pele alva, usa uma discreta tiara sobre os cabelos castanhos bem claros presos em coque, casaco de malha leve sobre vestido bege de cetim longo e sapatos de salto baixo no mesmo tom. Mark é um homem de pele branca, alto, cabelos grisalhos e curtos, usa óculos de lentes grossas, terno preto sobre camisa cinza e gravata com listras diagonais em branco e grafite, na lapela, uma rosa amarela e no bolso do paletó, um lenço cinza. Venice é uma labradora com pelagem bege e é menor que Rodd, um labrador com pelagem café com leite, preso às guias, um pequeno e franzido véu enfeita os cães. Ao fundo, um coreto com estrutura em ferro coberto por telhado claro, ao redor, o gramado, arbustos e árvores nuas sobrepostas ao céu com névoa complementam o cenário.
Casal de cegos casou-se após seus cães-guias se apaixonarem. Dois cegos proprietários de cães-guias se casaram depois que seus cães os fizeram se conhecer e se apaixonar. Claire Johnson, de 50 anos, e Mark Gaffey, de 51, se casaram em Baralston, Stoke-on-Trent, na Inglaterra, depois de seus cachorros se apaixonarem um pelo outro há dois anos. Os cães-guias, Venice e Rodd, fizeram o casal se apaixonar quando caminhavam com seus donos.Os recém-casados se conheceram em 2012 em um curso de formação de cães-guias, que durou duas semanas.Foi evidente que Rodd e Veneza se apaixonaram, tocando e cheirando um ao outro durante todo o treinamento.A noiva disse: “Eu não tenho nenhuma dúvida de que nossos cães-guias nos colocaram juntos e me ajudaram a encontrar meu verdadeiro amor.”Quando o treinamento terminou, suas vidas mudaram para sempre.
Descrição: Foto. Ao centro, sob o céu com névoa, os noivos, à esquerda, Claire e à direita, Mark. Eles seguram as guias de Venice, à direita de Claire e Rodd, à esquerda de Mark. Os noivos miram-se sorrindo, do mesmo modo Venice e Rodd trocam olhares. Claire é uma mulher de pele alva, usa uma discreta tiara sobre os cabelos castanhos bem claros presos em coque, casaco de malha leve sobre vestido bege de cetim longo e sapatos de salto baixo no mesmo tom. Mark é um homem de pele branca, alto, cabelos grisalhos e curtos, usa óculos de lentes grossas, terno preto sobre camisa cinza e gravata com listras diagonais em branco e grafite, na lapela, uma rosa amarela e no bolso do paletó, um lenço cinza. Venice é uma labradora com pelagem bege e é menor que Rodd, um labrador com pelagem café com leite, preso às guias, um pequeno e franzido véu enfeita os cães. Ao fundo, um coreto com estrutura em ferro coberto por telhado claro, ao redor, o gramado, arbustos e árvores nuas sobrepostas ao céu com névoa complementam o cenário.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Foto de Alexandre Severo

O fotógrafo Alexandre Severo, um dos passageiros do acidente aéreo em Santos, é o autor do maravilhoso trabalho “À Flor da Pele”, em que retratou o dia a dia de irmãos albinos em uma família negra. Dos cinco irmãos, três sobrevivem fugindo da luz, procurando alegria no escuro.Descrição: fotografia mostra três crianças, com os pés descalços sujos, próximas a uma parede encardida: A menor, uma garotinha negra, está em pé entre os dois irmãos albinos, ela usa apenas uma calcinha branca; à esquerda, a irmã albina ajoelhada à altura da irmã negra, enlaça-lhe carinhosamente o pescoço com o braço esquerdo, ela usa uma blusa listrada em branco e marrom e short verde; à direita, o irmão albino está em pé com joelhos levemente flexionados, usa apenas bermuda bege. Atrás do seu pé esquerdo, um saco azul de salgadinhos abandonado no chão. Os irmãos albinos estão sorrindo, com olhos fechados e rostos direcionados à irmã negra que está séria e observa o chão molhado; à direita, próximo a eles, um gato siamês no segundo degrau, encostado a uma porta. A pele extremamente alva e os cabelos louros claríssimos dos irmãos albinos contrastam com a pele negra e os cabelos escuros da irmã menor.
O fotógrafo Alexandre Severo, um dos passageiros do acidente aéreo em Santos, é o autor do maravilhoso trabalho “À Flor da Pele”, em que retratou o dia a dia de irmãos albinos em uma família negra. Dos cinco irmãos, três sobrevivem fugindo da luz, procurando alegria no escuro.
Descrição: fotografia mostra três crianças, com os pés descalços sujos, próximas a uma parede encardida: A menor, uma garotinha negra, está em pé entre os dois irmãos albinos, ela usa apenas uma calcinha branca; à esquerda, a irmã albina ajoelhada à altura da irmã negra, enlaça-lhe carinhosamente o pescoço com o braço esquerdo, ela usa uma blusa listrada em branco e marrom e short verde; à direita, o irmão albino está em pé com joelhos levemente flexionados, usa apenas bermuda bege. Atrás do seu pé esquerdo, um saco azul de salgadinhos abandonado no chão. Os irmãos albinos estão sorrindo, com olhos fechados e rostos direcionados à irmã negra que está séria e observa o chão molhado; à direita, próximo a eles, um gato siamês no segundo degrau, encostado a uma porta. A pele extremamente alva e os cabelos louros claríssimos dos irmãos albinos contrastam com a pele negra e os cabelos escuros da irmã menor.

domingo, 9 de julho de 2017

Filhote de esquilo...

Um filhote de esquilo de perfil, agarrado a um tronco fino em direção ao alto. O corpo pequeno está coberto por pelos longos de aspecto macio em tons de caramelo. A cara e barriga são mais claras, as orelhas pequenas e pontudas, com tufos de pelos nas pontas, os olhos redondos e delicados, o focinho arredondado e o rabo é longo com pelagem densa.
Um filhote de esquilo de perfil, agarrado a um tronco fino em direção ao alto. O corpo pequeno está coberto por pelos longos de aspecto macio em tons de caramelo. A cara e barriga são mais claras, as orelhas pequenas e pontudas, com tufos de pelos nas pontas, os olhos redondos e delicados, o focinho arredondado e o rabo é longo com pelagem densa.

sábado, 8 de julho de 2017

Raggiana Bird-of-paradise, (Paradisaea raggiana)

Foto vista de baixo para cima com fundo desfocado, composto por ramadas de folhas. Em foco, pássaro de porte médio pousado em parte de um galho seco. A ave tem cabeça amarela e pequena, bico escuro mediano, garganta verde esmeralda e no peito superior, penas enegrecidas, delimitadas por um colarinho fino branco; a densa plumagem do corpo é marrom avermelhado, na cauda, grandes plumas nos flancos e na parte de trás, longos tufos de penas dourado-laranja nas laterais, que remetem a um longo manto aveludado. As garras acinzentadas são grandes e fortes.
Foto vista de baixo para cima com fundo desfocado, composto por ramadas de folhas. Em foco, pássaro de porte médio pousado em parte de um galho seco. A ave tem cabeça amarela e pequena, bico escuro mediano, garganta verde esmeralda e no peito superior, penas enegrecidas, delimitadas por um colarinho fino branco; a densa plumagem do corpo é marrom avermelhado, na cauda, grandes plumas nos flancos e na parte de trás, longos tufos de penas dourado-laranja nas laterais, que remetem a um longo manto aveludado. As garras acinzentadas são grandes e fortes.

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Cenário de Matteo Stucchi

Matteo Stucchi é um chef de confeitaria italiano que além de preparar sobremesas maravilhosas, também cria pequenos cenários com os doces que prepara. Usando apenas as maravilhavas de açúcar, creme, chocolate, frutas, e algumas miniaturas, ele cria sua obras.  Descrição: Foto de um mini cenário criado a partir de uma sobremesa composta por duas camadas de biscoitos champagne, muito creme e canela em pó. Em uma travessa retangular de vidro, acima da segunda camada, na borda esquerda, dois bonecos pequenos preenchem de creme a parte descoberta de dois biscoitos ainda aparentes, próximo a eles, dois recipientes cheios de creme e apoiado na parte frontal da travessa, uma escada. No outro extremo da travessa, outro boneco em pé, equilibra-se na borda de vidro e segura uma cordinha preta presa na alça de um guindaste apoiado sobre um caminhão amarelo que está à direita e próximo a travessa; o homem, direciona a peneira de alumínio cheia de canela em pó, borrifando e finalizando o pavê.
Matteo Stucchi é um chef de confeitaria italiano que além de preparar sobremesas maravilhosas, também cria pequenos cenários com os doces que prepara. Usando apenas as maravilhavas de açúcar, creme, chocolate, frutas, e algumas miniaturas, ele cria sua obras.
Descrição: Foto de um mini cenário criado a partir de uma sobremesa composta por duas camadas de biscoitos champagne, muito creme e canela em pó. Em uma travessa retangular de vidro, acima da segunda camada, na borda esquerda, dois bonecos pequenos preenchem de creme a parte descoberta de dois biscoitos ainda aparentes, próximo a eles, dois recipientes cheios de creme e apoiado na parte frontal da travessa, uma escada. No outro extremo da travessa, outro boneco em pé, equilibra-se na borda de vidro e segura uma cordinha preta presa na alça de um guindaste apoiado sobre um caminhão amarelo que está à direita e próximo a travessa; o homem, direciona a peneira de alumínio cheia de canela em pó, borrifando e finalizando o pavê. 

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Natalia Rak e seu gigantesco grafite em Bialystok, Polônia

A foto mostra um gigantesco grafite na parede lateral de um prédio. O grafite à direita é de uma garota ruiva com trancinhas e traje típico polonês: Vestido regata com corpete preto, saia listrada em tons de vermelho, azul, amarelo e branco. O vestido tem um grande laço vermelho na cintura e está sobre uma camisa branca de mangas curtas bufantes com bordados. A garota parece flutuar, está descalça, na ponta dos pés regando uma árvore natural à esquerda, junto à parede do prédio.
A foto mostra um gigantesco grafite na parede lateral de um prédio. O grafite à direita é de uma garota ruiva com trancinhas e traje típico polonês: Vestido regata com corpete preto, saia listrada em tons de vermelho, azul, amarelo e branco. O vestido tem um grande laço vermelho na cintura e está sobre uma camisa branca de mangas curtas bufantes com bordados. A garota parece flutuar, está descalça, na ponta dos pés regando uma árvore natural à esquerda, junto à parede do prédio.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Você sabe o que Goalball?

Antônio Marcos, atleta de Goalball e coordenador de esportes paralímpicos da APAE - Leopoldina, explica como funciona o jogo dessa modalidade criada, na década de 40, exclusivamente para pessoas com deficiência visual, cegas ou com baixa visão.
Produção e Imagens : Júlia Sales
Audiodescrição: Marisa Pretti

terça-feira, 4 de julho de 2017

Esculturas-luminárias...

Uma dupla de artistas franceses formada por Sophie Mouton-Perrat e Frédéric Guibrunet cria, entre outras, sensacionais esculturas-luminárias feitas de nada menos que papel machê.Descrição: Em um canto de uma escadaria de mármore sobre cinco degraus, nove luminárias acesas distribuídas duas a duas em cada degrau debaixo para cima, sendo a última, na parte central, no topo. As delicadas luminárias têm a forma de bailarinas com a saia bem rodada em forma de balão gomado, cada bailarina tem uma expressão gestual e remetem às de caixinha de música.
Uma dupla de artistas franceses formada por Sophie Mouton-Perrat e Frédéric Guibrunet cria, entre outras, sensacionais esculturas-luminárias feitas de nada menos que papel machê.
Descrição: Em um canto de uma escadaria de mármore sobre cinco degraus, nove luminárias acesas distribuídas duas a duas em cada degrau debaixo para cima, sendo a última, na parte central, no topo. As delicadas luminárias têm a forma de bailarinas com a saia bem rodada em forma de balão gomado, cada bailarina tem uma expressão gestual e remetem às de caixinha de música.

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Brigadeiro...

Foto em close de um brigadeiro em uma forminha de papel marrom, sobre uma toalha xadrez em tons de marrom. Ao fundo, imagem desfocada de vários brigadeiros. Acima do brigadeiro a frase em letras brancas: Às vezes no silêncio da noite, eu fico imaginando nós dois...
Foto em close de um brigadeiro em uma forminha de papel marrom, sobre uma toalha xadrez em tons de marrom. Ao fundo, imagem desfocada de vários brigadeiros. Acima do brigadeiro a frase em letras brancas: Às vezes no silêncio da noite, eu fico imaginando nós dois...

domingo, 2 de julho de 2017

Brincando de médico...

Tirinha dupla, uma acima da outra. Na sala com chão estampado por quadrados rosa claro e pink: sofá amarelo com duas almofadas rosas, atrás, uma janela retangular, à esquerda, um vaso amarelo com uma cactácea e em frente, uma pequena mesa redonda e próximo, a mãe em pé: cabelos longos lisos castanhos escuros, olhos redondos, nariz comprido e lábios grossos pintados com batom vermelho; ela usa: blusa laranja, saia vermelha justa e sapatilhas marrons. À direita, em frente a porta amarela decorada por cortinas no mesmo tom do piso, a filha: menina de rosto redondo,cabelos castanhos escuros, repartidos ao meio, olhos redondos, nariz e lábios bem pequenos; ela usa um vestido verde e sapatilhas marrons. Diálogo da tira superior: Mãe: Onde você estava? Filha: Brincando de médico com o Joãozinho! Tira inferior: Mãe: De Médico? Filha: Era médico do SUS, mamãe...Ele nem me atendeu!
Tirinha dupla, uma acima da outra. Na sala com chão estampado por quadrados rosa claro e pink: sofá amarelo com duas almofadas rosas, atrás, uma janela retangular, à esquerda, um vaso amarelo com uma cactácea e em frente, uma pequena mesa redonda e próximo, a mãe em pé: cabelos longos lisos castanhos escuros, olhos redondos, nariz comprido e lábios grossos pintados com batom vermelho; ela usa: blusa laranja, saia vermelha justa e sapatilhas marrons. À direita, em frente a porta amarela decorada por cortinas no mesmo tom do piso, a filha: menina de rosto redondo,cabelos castanhos escuros, repartidos ao meio, olhos redondos, nariz e lábios bem pequenos; ela usa um vestido verde e sapatilhas marrons. Diálogo da tira superior: Mãe: Onde você estava? Filha: Brincando de médico com o Joãozinho! Tira inferior: Mãe: De Médico? Filha: Era médico do SUS, mamãe...Ele nem me atendeu!

sábado, 1 de julho de 2017

Edibar e Edimunda...

Tira do cartunista Lucio Oliveira, apresenta os personagens Edibar da Silva e Edimunda. Edibar é boêmio, chegado em uma birita odeia a mulher e a sogra. Os dois tem meia idade, são casados e a aparência é muito semelhante: Estão acima do peso, tem cabelos desalinhados, rosto comprido, olhos esbugalhados, os de Edibar são vesgos, o nariz dos dois é comprido e curvo abaixo, a boca imensa mais larga que o rosto, quando aberta, mostra apenas dois dentões separados na parte inferior da arcada, o queixo pequeno une-se à papada com aparência flácida. Edibar é calvo com apenas dois fios de cabelo no topo da cabeça e um tufo de cabelo marrom claro espetado para fora, nas laterais; nesse episódio está com camisa cor de laranja que evidencia sua pança, calça jeans e sapatênis bege. Edimunda tem cabelos avermelhados crespos amarrados em um pequeno e fofo rabo de cavalo, usa brincos de bolinha, vestido rosa na altura das canelas e um chinelão marrom.Q1 - Edibar adentra um recinto com a mão esquerda cobrindo o rosto. Duas gotas de suor saltam do rosto de Edimunda que exclama com os olhos arregalados: Até que enfim!!! E aí, o que o doutor disse pra você? A mamãe vai ficar boa?Q2- Edibar está de costas, mãos apoiadas na mureta da janela aberta por onde se vê os prédios e pássaros no céu azul e exclama com a voz trêmula: Não há esperança...Edimunda levanta a cabeça para o alto, dos olhos saltam lágrimas, ela agarra a camisa de Edibar pelas costas e berra: Buááááá...ela vai morrer?Q3- Edibar ainda de costas lamenta: Não...vai continuar viva! Edimunda imóvel arregala os olhos.
Tira do cartunista Lucio Oliveira, apresenta os personagens Edibar da Silva e Edimunda. Edibar é boêmio, chegado em uma birita odeia a mulher e a sogra. Os dois tem meia idade, são casados e a aparência é muito semelhante: Estão acima do peso, tem cabelos desalinhados, rosto comprido, olhos esbugalhados, os de Edibar são vesgos, o nariz dos dois é comprido e curvo abaixo, a boca imensa mais larga que o rosto, quando aberta, mostra apenas dois dentões separados na parte inferior da arcada, o queixo pequeno une-se à papada com aparência flácida. Edibar é calvo com apenas dois fios de cabelo no topo da cabeça e um tufo de cabelo marrom claro espetado para fora, nas laterais; nesse episódio está com camisa cor de laranja que evidencia sua pança, calça jeans e sapatênis bege. Edimunda tem cabelos avermelhados crespos amarrados em um pequeno e fofo rabo de cavalo, usa brincos de bolinha, vestido rosa na altura das canelas e um chinelão marrom.
Q1 - Edibar adentra um recinto com a mão esquerda cobrindo o rosto. Duas gotas de suor saltam do rosto de Edimunda que exclama com os olhos arregalados: Até que enfim!!! E aí, o que o doutor disse pra você? A mamãe vai ficar boa?
Q2- Edibar está de costas, mãos apoiadas na mureta da janela aberta por onde se vê os prédios e pássaros no céu azul e exclama com a voz trêmula: Não há esperança...Edimunda levanta a cabeça para o alto, dos olhos saltam lágrimas, ela agarra a camisa de Edibar pelas costas e berra: Buááááá...ela vai morrer?
Q3- Edibar ainda de costas lamenta: Não...vai continuar viva! Edimunda imóvel arregala os olhos.


sexta-feira, 30 de junho de 2017

Dr. Klaus Vauss

Tira de Odyr Bernardi, do site: A Nébula. Rumo ao passado. Esse é um País que ia pra frente, com quatro quadros, falas em balões e o personagem Dr. Klaus Vauss, um homem com cabelos claros repartidos ao meio, olhos miúdos que olham acima dos pequenos óculos retangulares, expressão pensativa, rosto franzido e barba por fazer; usa terno desalinhado sobre camisa branca, carrega uma bolsa a tiracolo e uma mala na mão esquerda.   Q1- Dr. Klaus Vauss, é antropólogo sueco especializado em sociedades primitivas. Ele está de perfil e caminha a esquerda, no topo do quadro lê-se: Cada vez mais cientistas estrangeiros desembarcam no Brasil para entender como avançamos rumo ao passado.  Q2- Mão no canto inferior esquerdo ( que continua presente no Q3 E Q4 ) empunha um microfone em direção a Dr. Klaus que disserta: Ainda não sabemos como explicar, mas é evidente que em algum momento o Brasil parou de avançar na história e começou a retroceder no tempo. Segundo meus cálculos, devemos chegar nos anos 70 a qualquer momento. Q3- Voz do entrevistador ( que não aparece no quadro) pergunta: E como isso vai afetar a indústria da moda, doutor? As calças boca-de-sino devem voltar junto com a ditadura? Dr. Klaus pensa: Fascinante. A população parece não entender as consequências do fenômeno.  Q4 – Voz do entrevistador anuncia: Não deixe de experimentar a caipirinha! A seguir: um grupo de deputados cria comissão para rever a abolição da escravatura. Dr. Klaus franze a testa e pensa: Preciso rever meus cálculos.
Tira de Odyr Bernardi, do site: A Nébula. Rumo ao passado. Esse é um País que ia pra frente, com quatro quadros, falas em balões e o personagem Dr. Klaus Vauss, um homem com cabelos claros repartidos ao meio, olhos miúdos que olham acima dos pequenos óculos retangulares, expressão pensativa, rosto franzido e barba por fazer; usa terno desalinhado sobre camisa branca, carrega uma bolsa a tiracolo e uma mala na mão esquerda.
 Q1- Dr. Klaus Vauss, é antropólogo sueco especializado em sociedades primitivas. Ele está de perfil e caminha a esquerda, no topo do quadro lê-se: Cada vez mais cientistas estrangeiros desembarcam no Brasil para entender como avançamos rumo ao passado.
Q2- Mão no canto inferior esquerdo ( que continua presente no Q3 E Q4 ) empunha um microfone em direção a Dr. Klaus que disserta: Ainda não sabemos como explicar, mas é evidente que em algum momento o Brasil parou de avançar na história e começou a retroceder no tempo. Segundo meus cálculos, devemos chegar nos anos 70 a qualquer momento.
Q3- Voz do entrevistador ( que não aparece no quadro) pergunta: E como isso vai afetar a indústria da moda, doutor? As calças boca-de-sino devem voltar junto com a ditadura? Dr. Klaus pensa: Fascinante. A população parece não entender as consequências do fenômeno.
Q4 – Voz do entrevistador anuncia: Não deixe de experimentar a caipirinha! A seguir: um grupo de deputados cria comissão para rever a abolição da escravatura. Dr. Klaus franze a testa e pensa: Preciso rever meus cálculos.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Faisão Dourado (Golden Pheasant)

Foto de um Faisão Dourado(Golden Pheasant or Chinese Pheasant(Chrysolophus pictus).A ave está pousada sobre cascas e folhas secas, de costas com a cabeça voltada à direita. O Faisão dourado tem uma plumagem brilhante: a cabeça é coberta por um longo penacho dourado,olho amarelo com uma pupila negra e de precisão, bico curto, o pescoço é envolto por penas alaranjadas marginadas em preto que quase encobrem o manto inferior em verde musgo, o corpo é vermelho e a garupa, amarelo, as asas são azuis com rêmiges brancas e negras.As penas centrais da cauda são extremamente compridas e apresentam manchas arredondadas beges marginadas em preto.
Foto de um Faisão Dourado(Golden Pheasant or Chinese Pheasant(Chrysolophus pictus).A ave está pousada sobre cascas e folhas secas, de costas com a cabeça voltada à direita. O Faisão dourado tem uma plumagem brilhante: a cabeça é coberta por um longo penacho dourado,olho amarelo com uma pupila negra e de precisão, bico curto, o pescoço é envolto por penas alaranjadas marginadas em preto que quase encobrem o manto inferior em verde musgo, o corpo é vermelho e a garupa, amarelo, as asas são azuis com rêmiges brancas e negras.As penas centrais da cauda são extremamente compridas e apresentam manchas arredondadas beges marginadas em preto.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Calau-Gigante (Bucorvus leadbeateri)

Foto de frente da cara de um Calau-Gigante (Bucorvus leadbeateri).Os calaus são aves de médio a grande porte.O pescoço é moderadamente longo com plumagem fina e preta.A zona da cara é tomada pela formação do forte bico cinza e curvo.Por contraste à plumagem,olhos e faces são envoltos por pregas vermelhas grossas que acentua-se abaixo do bico, formando um saco,na garganta inflável.Detalhe: os cílios são longos e espessos.
Foto de frente da cara de um Calau-Gigante (Bucorvus leadbeateri).
Os calaus são aves de médio a grande porte.O pescoço é moderadamente longo com plumagem fina e preta.A zona da cara é tomada pela formação do forte bico cinza e curvo.Por contraste à plumagem,olhos e faces são envoltos por pregas vermelhas grossas que acentua-se abaixo do bico, formando um saco,na garganta inflável.Detalhe: os cílios são longos e espessos.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Prioridade é tudo na vida!

Tirinha do cartunista Schulz composta por quatro quadrinhos, apresenta o personagem Snoopy, um cãozinho da raça Beagle, branco com pintas pretas, orelhas pretas longas e caídas, olhos pequenos, focinho longo com uma bolinha preta na ponta, patas curtas e rabo também curto. Ele é extrovertido e vive num mundo de fantasias, principalmente quando dorme e filosofa em cima do telhado da sua casinha. Seus pensamentos estão escritos dentro de um balão, próximo a sua cabeça.Quadro 1: Snoopy debruçado em frente a uma máquina de escrever datilografa: Querida namorada, por que você me deixou?Quadro 2: Com as costas eretas ele continua: Por favor, volte.Quadro 3: Charlie Brown, seu dono, caminha para fora da casa, trazendo uma vasilha cheia de comida e grita: Olha o jantar!Quadro 4: Snoopy escreve: Mas não agora.
Tirinha do cartunista Schulz composta por quatro quadrinhos, apresenta o personagem Snoopy, um cãozinho da raça Beagle, branco com pintas pretas, orelhas pretas longas e caídas, olhos pequenos, focinho longo com uma bolinha preta na ponta, patas curtas e rabo também curto. Ele é extrovertido e vive num mundo de fantasias, principalmente quando dorme e filosofa em cima do telhado da sua casinha. Seus pensamentos estão escritos dentro de um balão, próximo a sua cabeça.
Quadro 1: Snoopy debruçado em frente a uma máquina de escrever datilografa: Querida namorada, por que você me deixou?
Quadro 2: Com as costas eretas ele continua: Por favor, volte.
Quadro 3: Charlie Brown, seu dono, caminha para fora da casa, trazendo uma vasilha cheia de comida e grita: Olha o jantar!
Quadro 4: Snoopy escreve: Mas não agora.

domingo, 25 de junho de 2017

Burkas...

Fotografia dividida ao meio na horizontal, ambas partes são fotos triplas sequenciais.Parte superior: uma mulher em pé com os braços para o alto na caçamba de uma camionete preta, retirando a burka preta sobre uma túnica vermelha com estampas circulares em amarelo e azul; já com o braço direito e cabelos ao vento sem a burka; totalmente sem a burka, fazendo sinal em V de paz e amor com a mão direita, cabelos ao vento e um largo sorriso.Parte inferior: uma mulher em pé, de costas,em meio a um grupo de pessoas e crianças na caçamba de uma camionete branca, retirando a burka preta sobre túnica verde estampada com bolinhas pretas; de frente,mostra sorridente a burka preta à frente do corpo e mantendo o lenço amarrado na cabeça; com os braços ao alto e o lenço na cabeça, sem a burka e sorridente. No topo, escrito sobre uma tarja preta e em letras maiúsculas brancas, lê-se: Mulheres Sírias arrancam burkas; e no rodapé: Ao cruzar fronteira com o Curdistão.
Fotografia dividida ao meio na horizontal, ambas partes são fotos triplas sequenciais.
Parte superior: uma mulher em pé com os braços para o alto na caçamba de uma camionete preta, retirando a burka preta sobre uma túnica vermelha com estampas circulares em amarelo e azul; já com o braço direito e cabelos ao vento sem a burka; totalmente sem a burka, fazendo sinal em V de paz e amor com a mão direita, cabelos ao vento e um largo sorriso.
Parte inferior: uma mulher em pé, de costas,em meio a um grupo de pessoas e crianças na caçamba de uma camionete branca, retirando a burka preta sobre túnica verde estampada com bolinhas pretas; de frente,mostra sorridente a burka preta à frente do corpo e mantendo o lenço amarrado na cabeça; com os braços ao alto e o lenço na cabeça, sem a burka e sorridente.
No topo, escrito sobre uma tarja preta e em letras maiúsculas brancas, lê-se: Mulheres Sírias arrancam burkas; e no rodapé: Ao cruzar fronteira com o Curdistão.

sábado, 24 de junho de 2017

Galos e Galinhas...

Foto dividida ao meio horizontalmente. Parte superior: três galos; parte inferior: três galinhas. Da esquerda para a direita na parte superior: um galo pomposo e empinado abaixo lê-se: solteiro; galo semi depenado e magricelo abaixo: casado; galo totalmente depenado, abaixo: divorciado. Parte inferior: galinha robusta calçando botas pretas com salto alto, acima lê-se: solteira; galinha gorda com avental branco e vermelho, abaixo: casada; franga esbelta com blusa e shortinho justíssimos fazendo pose empinando os peitões, acima: divorciada.
Foto dividida ao meio horizontalmente. Parte superior: três galos; parte inferior: três galinhas. Da esquerda para a direita na parte superior: um galo pomposo e empinado abaixo lê-se: solteiro; galo semi depenado e magricelo abaixo: casado; galo totalmente depenado, abaixo: divorciado. Parte inferior: galinha robusta calçando botas pretas com salto alto, acima lê-se: solteira; galinha gorda com avental branco e vermelho, abaixo: casada; franga esbelta com blusa e shortinho justíssimos fazendo pose empinando os peitões, acima: divorciada.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Edibar e Edimunda

Tira do cartunista Lucio Oliveira, apresenta os personagens Edibar da Silva e Edimunda. Edibar é boêmio, chegado em uma birita odeia a mulher e a sogra. Os dois tem meia idade, são casados e a aparência é muito semelhante: Estão acima do peso, tem cabelos desalinhados, rosto comprido, olhos esbugalhados, os de Edibar são vesgos, o nariz dos dois é comprido e curvo abaixo, a boca imensa mais larga que o rosto, quando aberta, mostra apenas dois dentões separados na parte inferior da arcada, o queixo pequeno une-se à papada com aparência flácida. Edibar é calvo com apenas dois fios de cabelo no topo da cabeça e um tufo de cabelo marrom claro espetado para fora, nas laterais; nesse episódio está com regata branca que deixa sua pança à mostra, bermudão azul e chinelão verde; Edimunda tem cabelos avermelhados crespos amarrados em um pequeno e fofo rabo de cavalo, usa brincos de bolinha. Edibar está sentado em uma poltrona marrom a frente da tv, segurando o controle na mão direita e a latinha de cerveja na esquerda. À seus pés, está deitado um cão amarelo com topete espetado.Q1- Uma voz berra de dentro do cômodo à direita: O que você vai querer para o jantar, meu amor? Frango, pernil peixe ou bife?Q2- Edibar fecha os olhos e responde: Vou querer bife, meu chuchu...obrigado!Q3- Edimunda bota a cabeça para fora junto ao batente da porta, aponta para baixo e retruca: Você vai comer é ovo frito! Eu estou falando com o cachorro!
Tira do cartunista Lucio Oliveira, apresenta os personagens Edibar da Silva e Edimunda. Edibar é boêmio, chegado em uma birita odeia a mulher e a sogra. Os dois tem meia idade, são casados e a aparência é muito semelhante: Estão acima do peso, tem cabelos desalinhados, rosto comprido, olhos esbugalhados, os de Edibar são vesgos, o nariz dos dois é comprido e curvo abaixo, a boca imensa mais larga que o rosto, quando aberta, mostra apenas dois dentões separados na parte inferior da arcada, o queixo pequeno une-se à papada com aparência flácida. Edibar é calvo com apenas dois fios de cabelo no topo da cabeça e um tufo de cabelo marrom claro espetado para fora, nas laterais; nesse episódio está com regata branca que deixa sua pança à mostra, bermudão azul e chinelão verde; Edimunda tem cabelos avermelhados crespos amarrados em um pequeno e fofo rabo de cavalo, usa brincos de bolinha. Edibar está sentado em uma poltrona marrom a frente da tv, segurando o controle na mão direita e a latinha de cerveja na esquerda. À seus pés, está deitado um cão amarelo com topete espetado.
Q1- Uma voz berra de dentro do cômodo à direita: O que você vai querer para o jantar, meu amor? Frango, pernil peixe ou bife?
Q2- Edibar fecha os olhos e responde: Vou querer bife, meu chuchu...obrigado!
Q3- Edimunda bota a cabeça para fora junto ao batente da porta, aponta para baixo e retruca: Você vai comer é ovo frito! Eu estou falando com o cachorro!

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Não vem com essa...

Ilustração em preto e branco de um homem de pele clara, loiro com topete, rosto quadrado, sobrancelhas retas, olhos grandes, nariz levemente arrebitado e lábios médios. Ele usa gravata sobre camisa e paletó. Ele sorri enquanto o braço esquerdo está em posição de “por favor, pare!” Acima lê-se: Não vem com essa de “Ain, que lindo os japoneses limpando seu lixo no estádio”; e abaixo, continua: Tu não leva nem teu prato pra pia.
Ilustração em preto e branco de um homem de pele clara, loiro com topete, rosto quadrado, sobrancelhas retas, olhos grandes, nariz levemente arrebitado e lábios médios. Ele usa gravata sobre camisa e paletó. Ele sorri enquanto o braço esquerdo está em posição de “por favor, pare!” Acima lê-se: Não vem com essa de “Ain, que lindo os japoneses limpando seu lixo no estádio”; e abaixo, continua: Tu não leva nem teu prato pra pia.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Expectativa X Realidade

Dois desenhos infantis​ ​em ​papel ​quadrado ​amassado​,​ m​anchado​ em amarelo e ​cor de rosa claro. Um na parte superior e outro na parte inferior. Nos dois desenhos, um homem representado por um boneco,pedala​ ​uma bike em direção a uma bandeira ​xadrez​ na linha de chegada.​O superior:​ inicia por uma linha ​reta ​com leve ​subida​.Acima, o título: Expectativa do ​Sucesso.O inferior: ​inicia ​por uma linha​ reta, depois sinuosa com obstáculos: pedregulhos, ponte, ​o homem no mar em um barco, acima uma corda bamba, nuvem carregada de chuva. Acima, o título: Realidade.
Dois desenhos infantis​ ​em ​papel ​quadrado ​amassado​,​ m​anchado​ em amarelo e ​cor de rosa claro. Um na parte superior e outro na parte inferior. Nos dois desenhos, um homem representado por um boneco,pedala​ ​uma bike em direção a uma bandeira ​xadrez​ na linha de chegada.​O superior:​ inicia por uma linha ​reta ​com leve ​subida​. Acima, o título: Expectativa do ​Sucesso.O inferior: ​inicia ​por uma linha​ reta, depois sinuosa com obstáculos: pedregulhos, ponte, ​o homem no mar em um barco, acima uma corda bamba, nuvem carregada de chuva. Acima, o título: Realidade.

terça-feira, 20 de junho de 2017

O repórter pergunta...

Ilustração caricaturada de duas senhoras, com cabelos curtos e grisalhos, protegidos por chapéus de palha e roupas leves. Elas estão em um momento descontraído. A senhora, à esquerda, apoia com a mão direita uma taça de vinho tinto cheia no joelho da amiga, com a outra mão ela aperta o ombro direito da amiga que está sentada com as pernas cruzadas e mãos atrás da cabeça. Ao lado da senhora sentada, uma garrafa de vinho tinto, uma taça pela metade e um gatinho branco com a cabeça levemente inclinada à direita. O trio dá gargalhadas. No topo lê-se: O repórter pergunta: - Se pudesse escolher entre Parkinson e Alzheimer...No rodapé, a resposta: - Parkinson, meu filho. Prefiro derramar a metade do vinho do que esquecer onde guardei a garrafa.
Ilustração caricaturada de duas senhoras, com cabelos curtos e grisalhos, protegidos por chapéus de palha e roupas leves. Elas estão em um momento descontraído. A senhora, à esquerda, apoia com a mão direita uma taça de vinho tinto cheia no joelho da amiga, com a outra mão ela aperta o ombro direito da amiga que está sentada com as pernas cruzadas e mãos atrás da cabeça. Ao lado da senhora sentada, uma garrafa de vinho tinto, uma taça pela metade e um gatinho branco com a cabeça levemente inclinada à direita. O trio dá gargalhadas. No topo lê-se: O repórter pergunta: - Se pudesse escolher entre Parkinson e Alzheimer...No rodapé, a resposta: - Parkinson, meu filho. Prefiro derramar a metade do vinho do que esquecer onde guardei a garrafa.

Cansei de ser gato

Foto. Na caixa de uma rede social. No canto superior esquerdo a pequena foto de frente do peito para cima do Chico, um gato de pelagem cinza com algumas listras pretas verticais na cabeça e horizontais ao longo do corpo, à direita lê-se: cansei de ser gato; e abaixo: arrobacanseidesergato. Abaixo, um microfone preto com a logomarca do canal de TV em frente e bem próximo à boca de Chico entre os longos bigodes brancos dele. Acima lê-se: humano viaja no feriado, deixa comida e água no pote e acha que tá tudo bem. Deus tá vendo a areia suja queridão.
Foto. Na caixa de uma rede social. No canto superior esquerdo a pequena foto de frente do peito para cima do Chico, um gato de pelagem cinza com algumas listras pretas verticais na cabeça e horizontais ao longo do corpo, à direita lê-se: cansei de ser gato; e abaixo: arrobacanseidesergato. Abaixo, um microfone preto com a logomarca do canal de TV em frente e bem próximo à boca de Chico entre os longos bigodes brancos dele. Acima lê-se: humano viaja no feriado, deixa comida e água no pote e acha que tá tudo bem. Deus tá vendo a areia suja queridão.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Outra do Snoopy...

Tirinha do cartunista Schulz composta por quatro quadrinhos, apresenta o personagem Snoopy, um cãozinho da raça Beagle, branco com pintas pretas, orelhas pretas longas e caídas, olhos pequenos, focinho longo com uma bolinha preta na ponta, patas curtas e rabo também curto. Ele é extrovertido e vive num mundo de fantasias, principalmente quando dorme e filosofa em cima do telhado da sua casinha. Seus pensamentos estão escritos dentro de um balão, próximo a sua cabeça.  Quadro 1- Snoopy come sua refeição e pensa: Eu devia estar maluco pra me apaixonar! Quadro 2- Ele sai caminhando cabisbaixo: Pensei que podia me esquecer dela comendo, mas não consigo... Quadro 3- Sentado próximo a sua casinha ele reflete: Eu nunca a esquecerei enquanto viver...que vida...você tenta ser feliz e o que acontece? Quadro 4- Deitado em cima do telhado da sua casinha com a barriga estufada ele conclui: Algumas lembranças e uma barriga!
Tirinha do cartunista Schulz composta por quatro quadrinhos, apresenta o personagem Snoopy, um cãozinho da raça Beagle, branco com pintas pretas, orelhas pretas longas e caídas, olhos pequenos, focinho longo com uma bolinha preta na ponta, patas curtas e rabo também curto. Ele é extrovertido e vive num mundo de fantasias, principalmente quando dorme e filosofa em cima do telhado da sua casinha. Seus pensamentos estão escritos dentro de um balão, próximo a sua cabeça. 
Quadro 1- Snoopy come sua refeição e pensa: Eu devia estar maluco pra me apaixonar!
Quadro 2- Ele sai caminhando cabisbaixo: Pensei que podia me esquecer dela comendo, mas não consigo...
Quadro 3- Sentado próximo a sua casinha ele reflete: Eu nunca a esquecerei enquanto viver...que vida...você tenta ser feliz e o que acontece?
Quadro 4- Deitado em cima do telhado da sua casinha com a barriga estufada ele conclui: Algumas lembranças e uma barriga!

Snoopy

Quadrinho do Snoopy sentado no telhado vermelhos da sua casinha. Ele olha compenetrado para uma máquina de escrever azul a sua frente. Com as patinhas próximas ao teclado e pensa: Tenho um ótimo título para o meu próximo livro: "Coisas que aprendi quando já era tarde demais".
Quadrinho do Snoopy sentado no telhado vermelhos da sua casinha. Ele olha compenetrado para uma máquina de escrever azul a sua frente. Com as patinhas próximas ao teclado e pensa: Tenho um ótimo título para o meu próximo livro: "Coisas que aprendi quando já era tarde demais".