sábado, 1 de julho de 2017

Edibar e Edimunda...

Tira do cartunista Lucio Oliveira, apresenta os personagens Edibar da Silva e Edimunda. Edibar é boêmio, chegado em uma birita odeia a mulher e a sogra. Os dois tem meia idade, são casados e a aparência é muito semelhante: Estão acima do peso, tem cabelos desalinhados, rosto comprido, olhos esbugalhados, os de Edibar são vesgos, o nariz dos dois é comprido e curvo abaixo, a boca imensa mais larga que o rosto, quando aberta, mostra apenas dois dentões separados na parte inferior da arcada, o queixo pequeno une-se à papada com aparência flácida. Edibar é calvo com apenas dois fios de cabelo no topo da cabeça e um tufo de cabelo marrom claro espetado para fora, nas laterais; nesse episódio está com camisa cor de laranja que evidencia sua pança, calça jeans e sapatênis bege. Edimunda tem cabelos avermelhados crespos amarrados em um pequeno e fofo rabo de cavalo, usa brincos de bolinha, vestido rosa na altura das canelas e um chinelão marrom.Q1 - Edibar adentra um recinto com a mão esquerda cobrindo o rosto. Duas gotas de suor saltam do rosto de Edimunda que exclama com os olhos arregalados: Até que enfim!!! E aí, o que o doutor disse pra você? A mamãe vai ficar boa?Q2- Edibar está de costas, mãos apoiadas na mureta da janela aberta por onde se vê os prédios e pássaros no céu azul e exclama com a voz trêmula: Não há esperança...Edimunda levanta a cabeça para o alto, dos olhos saltam lágrimas, ela agarra a camisa de Edibar pelas costas e berra: Buááááá...ela vai morrer?Q3- Edibar ainda de costas lamenta: Não...vai continuar viva! Edimunda imóvel arregala os olhos.
Tira do cartunista Lucio Oliveira, apresenta os personagens Edibar da Silva e Edimunda. Edibar é boêmio, chegado em uma birita odeia a mulher e a sogra. Os dois tem meia idade, são casados e a aparência é muito semelhante: Estão acima do peso, tem cabelos desalinhados, rosto comprido, olhos esbugalhados, os de Edibar são vesgos, o nariz dos dois é comprido e curvo abaixo, a boca imensa mais larga que o rosto, quando aberta, mostra apenas dois dentões separados na parte inferior da arcada, o queixo pequeno une-se à papada com aparência flácida. Edibar é calvo com apenas dois fios de cabelo no topo da cabeça e um tufo de cabelo marrom claro espetado para fora, nas laterais; nesse episódio está com camisa cor de laranja que evidencia sua pança, calça jeans e sapatênis bege. Edimunda tem cabelos avermelhados crespos amarrados em um pequeno e fofo rabo de cavalo, usa brincos de bolinha, vestido rosa na altura das canelas e um chinelão marrom.
Q1 - Edibar adentra um recinto com a mão esquerda cobrindo o rosto. Duas gotas de suor saltam do rosto de Edimunda que exclama com os olhos arregalados: Até que enfim!!! E aí, o que o doutor disse pra você? A mamãe vai ficar boa?
Q2- Edibar está de costas, mãos apoiadas na mureta da janela aberta por onde se vê os prédios e pássaros no céu azul e exclama com a voz trêmula: Não há esperança...Edimunda levanta a cabeça para o alto, dos olhos saltam lágrimas, ela agarra a camisa de Edibar pelas costas e berra: Buááááá...ela vai morrer?
Q3- Edibar ainda de costas lamenta: Não...vai continuar viva! Edimunda imóvel arregala os olhos.