terça-feira, 21 de março de 2017

Abóbora-de-serpente...

Abóbora-de-serpente, Chichinga (Trichosanthes cucumerina) A planta de origem asiática possui uma bela flor e um fruto muito alongado. Conhecida como Abóbora de Serpente ou chichinga, a Trichosanthes cucumerina é de origem tropical ou subtropical em que, algumas variedades, os seus frutos são comestíveis, bem como as folhas e flores. Esta planta cresce no Nepal, Malásia e em outros países do Sul da Ásia é uma espécie de trepadeira que pode atingir os 4 m de altura. Descrição: a foto em fundo verde desfocado mostra close de uma flor branca. As cinco pétalas dispostas em estrela remetem a unhas longas pintadas de branco, a superfície é coberta por penugem, o miolo amarelo tem delineio marrom. No entorno de cada pétala há extensões em fios longos e finos que finalizam enrolados e emaranhados com aparência de um delicado rendado de bilro.
Abóbora-de-serpente, Chichinga (Trichosanthes cucumerina)
A planta de origem asiática possui uma bela flor e um fruto muito alongado. Conhecida como Abóbora de Serpente ou chichinga, a Trichosanthes cucumerina é de origem tropical ou subtropical em que, algumas variedades, os seus frutos são comestíveis, bem como as folhas e flores. Esta planta cresce no Nepal, Malásia e em outros países do Sul da Ásia é uma espécie de trepadeira que pode atingir os 4 m de altura.
Descrição: a foto em fundo verde desfocado mostra close de uma flor branca. As cinco pétalas dispostas em estrela remetem a unhas longas pintadas de branco, a superfície é coberta por penugem, o miolo amarelo tem delineio marrom. No entorno de cada pétala há extensões em fios longos e finos que finalizam enrolados e emaranhados com aparência de um delicado rendado de bilro.