domingo, 19 de março de 2017

Beija-flor-de-leque-canela

A foto em fundo verde desfocado mostra um Beija-flor-de-leque-canela (Lophornis ornatos), pousado próximo à extremidade de um galho fino, felpudo e bem curvado, onde na ponta voltada para baixo, há três pequeninos botões por abrir. A ave tem a plumagem fina e delicada, no alto da cabeça: marrom-esverdeado, coberto pelo vermelho de penas pontudas em forma de leque; olho pequeno, redondo e preto; bico fino e comprido; no fronte e garganta: em degradée do verde escuro ao verde-abacate brilhante; no peito e corpo: verde claro-escuro misturado com cinza e vermelho-claro; nas laterais do pescoço há penas compridas que adornam e destacam-se pelos tons avermelhados, e nas extremidades são finalizadas em pontos enegrecidos; a cauda é longa em marrom-pálido e as garras pretas.
A foto em fundo verde desfocado mostra um Beija-flor-de-leque-canela (Lophornis ornatos), pousado próximo à extremidade de um galho fino, felpudo e bem curvado, onde na ponta voltada para baixo, há três pequeninos botões por abrir. A ave tem a plumagem fina e delicada, no alto da cabeça: marrom-esverdeado, coberto pelo vermelho de penas pontudas em forma de leque; olho pequeno, redondo e preto; bico fino e comprido; no fronte e garganta: em degradée do verde escuro ao verde-abacate brilhante; no peito e corpo: verde claro-escuro misturado com cinza e vermelho-claro; nas laterais do pescoço há penas compridas que adornam e destacam-se pelos tons avermelhados, e nas extremidades são finalizadas em pontos enegrecidos; a cauda é longa em marrom-pálido e as garras pretas.