sexta-feira, 24 de março de 2017

Isola Bella ou "Bela Ilha"

Sinopse: Isola Bella ou "Bela Ilha "é uma das Ilhas Borromeu de Lago Maggiore , no norte da Itália. A ilha está situada no Golfo Borromeu 400 metros da cidade à beira do lago de Stresa. Isola Bella é de 320 metros de comprimento por 400 metros de largura e está dividido entre o Palácio , o seu jardim italiano , e uma pequena vila de pescadores. A ilha atingiu o seu mais alto nível de sucesso social durante o período de Giberto V Borromeo (1751-1837), quando convidados incluíram Edward Gibbon, Napoleão e sua esposa Joséphine de Beauharnais, e Caroline de Brunswick, a princesa de Gales. Descrição: A foto mostra um altar a céu aberto em parte do jardim planejado da ilha. Em uma rocha em forma de chapéu, câmaras côncavas de aberturas em arcos, escalonadas em três níveis, fazem parte da fachada em estilo barroco. Na parte central, esculturas brancas de deuses em formas humanas e grandes conchas abertas que remetem a leques, posicionadas de forma intercalada, decoram cada câmara. No topo, ao centro, há uma escultura imponente de um unicórnio com as patas dianteiras em salto com duas esculturas sentadas, uma de cada lado. Colunas quadrangulares e simetricamente posicionadas, em ambos os lados de cada nível, sustentam esculturas em poses diversas, algumas são menores que outras. Na base, há uma fonte e plantas que adornam a arte inferior de três estátuas, a central está em pé e as outras, sentadas na direção dela. As laterais do monumento são simétricas, sendo a parte térrea mais extensa, o desalinho é piramidal, também com esculturas sobre as colunas. O monumento é cercado por quatro mastros finalizados por uma ave com as asas abertas, pousada em uma esfera. Ao fundo, em ambos os lados, em perspectiva de subida, um corredor duplo de plantas podadas de forma redonda. À frente do monumento, o chão de cascalho fino delimitado por grama, vegetação baixa e podada que emoldura as laterais do caminho, em cada quina, uma escultura de concreto em forma de um grande vaso.
Sinopse: Isola Bella ou "Bela Ilha "é uma das Ilhas Borromeu de Lago Maggiore , no norte da Itália. A ilha está situada no Golfo Borromeu 400 metros da cidade à beira do lago de Stresa. Isola Bella é de 320 metros de comprimento por 400 metros de largura e está dividido entre o Palácio , o seu jardim italiano , e uma pequena vila de pescadores. A ilha atingiu o seu mais alto nível de sucesso social durante o período de Giberto V Borromeo (1751-1837), quando convidados incluíram Edward Gibbon, Napoleão e sua esposa Joséphine de Beauharnais, e Caroline de Brunswick, a princesa de Gales.
Descrição: A foto mostra um altar a céu aberto em parte do jardim planejado da ilha. Em uma rocha em forma de chapéu, câmaras côncavas de aberturas em arcos, escalonadas em três níveis, fazem parte da fachada em estilo barroco. Na parte central, esculturas brancas de deuses em formas humanas e grandes conchas abertas que remetem a leques, posicionadas de forma intercalada, decoram cada câmara. No topo, ao centro, há uma escultura imponente de um unicórnio com as patas dianteiras em salto com duas esculturas sentadas, uma de cada lado. Colunas quadrangulares e simetricamente posicionadas, em ambos os lados de cada nível, sustentam esculturas em poses diversas, algumas são menores que outras. Na base, há uma fonte e plantas que adornam a arte inferior de três estátuas, a central está em pé e as outras, sentadas na direção dela. As laterais do monumento são simétricas, sendo a parte térrea mais extensa, o desalinho é piramidal, também com esculturas sobre as colunas. O monumento é cercado por quatro mastros finalizados por uma ave com as asas abertas, pousada em uma esfera. Ao fundo, em ambos os lados, em perspectiva de subida, um corredor duplo de plantas podadas de forma redonda. À frente do monumento, o chão de cascalho fino delimitado por grama, vegetação baixa e podada que emoldura as laterais do caminho, em cada quina, uma escultura de concreto em forma de um grande vaso.